segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Alimento

Jakob Ehrensvärd, Ice and water, 2004

porque sim, porque és tudo, porque te prometi e
amar-te é ter a ousadia de acreditar na eternidade
para além de nós nada existe
amar-te é caminhar inteira,
mais segura e mais verdadeira,
e encontrar-me e cumprir-me de corpo e alma

6 comentários:

The White Scratcher disse...

A sensação de que sozinhos não chegamos é linda e assustadora ao mesmo tempo. Mas vale a pena.

nãoseiquemsou disse...

Sempre grandes post's :D

Adoro (L)

Always disse...

The white scratcher,

De que vale a pena chegarmos sozinhos? É um glória tão fria e desamparada - ninguém para nos partilhar... deprimente, só quem não tem realmente escolha e isso é um drama.

Always disse...

não sei quem sou,

Obrigada L.! :)
O teu nickname é mesmo verdade?...

Anónimo disse...

P
A
P
A
M
E


Papa-me?

Always disse...

Anónimo,

Very smart!!! :)

É uma 'private joke'!...