terça-feira, 17 de março de 2009

Nada a declarar

Jack Seeds, Lovers

A liberdade que nos assiste é a que só o Amor permite no seu verdadeiro sentido, a escolha - amar-te porque quero, viver-te porque a minha vida é o que respiro em nós, construir-nos porque acredito-te como o meu sempre e tenho fé em nós para além disso. O Amor é esta escolha ampla e plena, este tempo inteiro que nos envolve corpo e alma em que não cabem outras possibilidades, esta vontade absoluta de prender os meus olhos nos teus e ser essa a paisagem, noite e dia, em todas as direcções. Amar-te é escolher-te todos os dias, perder-te e procurar-te nas saudades e encontrar-te por instinto em todos os pensamentos nos intervalos de um aqui e um agora. É esta pessoa livre que te escolhe uma e outra vez e se compromete sem tempo num querer-te tão completamente como infinito é Amor. Porque nos sinto a força do vento que nos empurra a mesma vontade, um único destino lado a lado.

6 comentários:

sverige disse...

Obrigada por estas palavras lindas com que nos presenteias.

Always disse...

Sverige,

Sê bem-vinda e obrigada pela atenção com que lês as palavras através do 'vidro' deste 'Copo'... :)

S-Kelly disse...

Sempre bonito esse teu Amor, Always!
Um abraço

L. disse...

você é tanto amor.

Always disse...

S-Kelly,

O Amor é bonito por definição! Obrigada...

Um abraço

Always disse...

L.

Bem-vinda ao 'Copo...'

Quando somos Amor somos muito mais como pessoas! :)

Um abraço