sexta-feira, 9 de maio de 2008

Esconderijo

Anabark, My blueberry nights and days, (MAI08)

Passo por aqui a correr porque a noite tem horas contadas e as minhas mais ainda. Passo por aqui para te deixar lembranças de outras noites em que o tempo deixa de ter importância e só nós contamos da noite ao dia, durante os dias que roubamos a nosso favor fora do mundo, num esconderijo que ambas construimos como um castelo nosso. Passo por aqui para te abrir uma janela e deixar entrar a cor desses dias que guardamos em nós e revisitamos, vezes sem conta, porque vivemos de alma e coração nesse lugar. O Amor, que escolheu onde ficar e viver para sempre, tem uma luz na ponta e o seu único segredo é o jeito com que nos ilumina por dentro, como quem abre uma porta conhecida. O Amor é tempo que nos embrulha a cada instante na pressa de voltar para casa com o desassossego eterno do primeiro beijo a tomar conta do corpo. O Amor é este fogo posto infinito em que te vivo noite e dia em qualquer parte do mundo.

9 comentários:

eu disse...

"porque vivemos de alma e coração"

e nestes dias o nosso coração é um jogo de lego, que brincamos horas seguidas mas fica tudo arrumadinho antes de sairmos.

Texto bonito.

Druiel disse...

encantador... e já sabes que mais não consigo dizer. :p

Sweet_Dreams disse...

Palavras Bonitas!!e pensadas com o coração!!*

Anónimo disse...

olá...
uma sem semana sem postar é muito!
não sabe que tem uma legião de fãs?
...e anónimos, que são os melhores.
um bj.

Anónimo disse...

Por favor.... volta a escrever!!! Sou tua fã!!! Estou sentindo uma falta enorme de todas estas palavras lindas que escreves!
Beijos!

Always disse...

Eu,

Se o coração é um Lego, o meu tem apenas duas peças... fundidas uma na outra.

Bjs

Always disse...

Druiel,

Obrigada pela emoção com que sentes as palavras que escrevo. :)

Always disse...

Sweet Dreams,

Bem-vinda ao 'Copo...' :)
Obrigada - escrevo com o que o coração sente.

Always disse...

Anónimo(s),

Sinto-me reconhecida pela minha ausência ter sido notada e mais ainda quando percebo que as minhas palavras ficam, também,um bocadinho em quem as lê.
Obrigada! :)

Bjos