segunda-feira, 23 de abril de 2007

Dias felizes

Carol E. Sandgren, Happiness, 2007

Sou feliz o dia inteiro, no desfilar das horas, minutos e segundos... E se o dia mais tempo tivesse, maior felicidade eu sentiria pelo que somos na intensidade do que sentimos. É impossível desejar mais do que ser feliz. E ser feliz é pensar-te a cada instante sem tempo nem distância e saber que me pensas também. Ser feliz é sentir, do outro lado do mundo, que adormeces a meu lado, embrulhada nos meus braços que crescem ao teu encontro sempre e em toda a parte. Ser feliz é sentir-me no teu corpo abraçada a noite inteira e acordar num beijo metafísico que nunca chega ao fim. Ser feliz é saber-te comigo com a certeza absoluta do que te diz o coração. Ser feliz é olhar-te nos olhos e encontrar neles o mesmo amor com que te visto e dispo quando te vejo chegar. Ser feliz é este querer sempre mais porque tudo é pouco e será sempre pouco para quem ama infinitamente. Ser feliz é adormecer no mesmo sonho de que, um dia, seremos tudo completamente. Sou feliz o dia inteiro e mais feliz ainda quando te sei feliz comigo e nada é mais verdadeiro do que a imensa felicidade do que só sei ser contigo.

6 comentários:

Angell disse...

Sabes rapariga,
Já estou com a Wind; eu também quero o livro. Quem escreve assim; motivado pelo amor que sente; deve mostrar aos outros; para que estes acreditem que ainda existem... grandes amores! Que não são ficção; ou que brotam apenas da pena dos poetas! Que são reais!

Que os teus dias felizes; assim sejam sempre! :)

Bjs!

Always disse...

Angell,

LOL, obrigada pelo apreço. Terás o tua cópia especialmente autografada. :)

E já agora acrescentam, digam o o que disserem, não dúvides que os grandes amores existem, acredita em mim.

Desejo-te o mesmo que me desejas a mim - um amor maior do que a vida e dias eternamente felizes. :)

Bjos

gitas disse...

Belo texto onde se sente que o amor transborda para fora do copo:))
Beijos

Always disse...

Gitas,

Obrigada. :) Acertaste - o amor neste copo, que já ficou vazio, sempre transbordou o vidro e hoje mais do que nunca, porque voltei a encher o copo com o que julgava perdido.

Bjos

Angell disse...

Always,
Obrigada eu por toda a tua estima; e por todos os teus votos! :)

Será fantástico ler o teu livro; especialmente autografado e tudo! Obrigada!

Eu acredito em ti! Ler o que aqui deixas é a prova mais do que real; que os grandes amores; não são sentimentos do passado. :)

Bjs!

Always disse...

Angell,

Obrigada por acreditares em mim. Sei do que falo, nos bons e maus momentos. É preciso é nunca desistir do que se sentimos, sabendo que do outro lado, apesar dos obstáculos, alguém sente o mesmo.

Bjos