quarta-feira, 4 de outubro de 2006

Destroços

Anabark - Fosso (2006)

ROBERT
(desperately):
Francesca, listen to me. You think what's happened to us happens to just anybody? What we feel for each other? How much we feel? We're not even two separate people anymore. Some people search their whole lives for it and wind up alone -- most people don't even think it exists and you're going to tell me that giving it up is the right thing to do? That staying here alone in a marriage, alone in a town you hate, in a house you don't feel apart of anymore -- you're telling me that's the right thing to do!?
Clint Eastwood em «As Pontes de Madison County»

Não percebo quando me impões silêncio e distância e a seguir falas de um caminho até ti. Não há caminho até ti. Como é possível percorrer um caminho que tornaste inviável? A 'luz e o amor' que evocas de nada valem quando deitas abaixo as poucas pontes que restam.

Consegues viver sem mim e eu vou aprendendo, aos poucos, a fazer o mesmo, tenho de querer-te também longe do corpo e do coração. Não tenho outra escolha, foste tu que partiste.


3 comentários:

Senhora Saudades disse...

her loss then, darling!

beijinhos e saudades,

F.

Sandrita Star disse...

Miss Always,

Ainda não a avisaram de que é "demodé" dizer que nos deixaram?!
E de quem é que os homens (e mulheres, e todos os bichos do mato) gostam mais??
Não, não é das loiras. É das "cabras"
Ponto final, parágrafo.
«Tenho escolha, sou EU parto».

Gaja boa! (a fazer "paassarinhos")
S.Star

Always disse...

F. darling,

I've learned something out of it and that's what life is all about: learning and evolving.

"Errar é humano; insistir no erro é burrice." ;)

A.
_____________________

Sandrita Star - Não tenho vergonha de dizer que me deixaram.
Eu, por acaso, gosto mesmo é de loiras de olhos azuis. A gaja que me deixou é uma falsa loira de olhos castanhos.

E olha, às vezes partimos e queremos voltar... Beijinhos!

AB