sábado, 7 de outubro de 2006

Uma hipótese

Anabark - Behind Walls (SET06)

Uma hipótese: encontras-me onde me deixaste, mas não da mesma forma como me encontraste a primeira vez.
Tudo está no mesmo sítio, aparentemente o mundo não mudou, só o tempo passou. Os dias lá fora e cá dentro são diferentes. Aqui as horas não passam, todos os dias são o dia em que te foste embora. Aparentemente não há nada de novo à minha volta. Mas eu mudei - deixei de querer-te inocentemente. Desfizeste a martelo o encanto que segurava a minha alma à tua, num desejo de estar permanentemente em ti e contigo. E eu pergunto 'O que fazia um elefante na minha loja de porcelanas?', como naquela velha canção dos Clã que só eu sei de côr.
Empurraste-me para fora de nós. O medo turvou-te a razão e os sentidos e encolhei-te a alma. Já não existes como no dia em que me apaixonei por ti. És outra coisa qualquer que nem tu saberás o quê. Dizes-me que não existem universos paralelos e, no entanto, vives paralela a ti mesma, numa alternativa segura e confortável que não és tu completamente.
Empurraste-me para fora de ti e, no entanto, dizes ainda que me amas e amarás sempre. Estou do lado de fora de ti onde me pediste para eu ficar e onde deixaste de fazer sentido. Tenho na mão um copo vazio e se o apertar com demasiada força partirá e os estilhaços de vidro vão enterrar-se debaixo da pele e aí ficarão para sempre.
Não te amo menos, mas perdi a inocência - o que amo em ti não existe e, mesmo que existisse, tu não lhe dás relevância. És um esboço em que te desenhas e reinventas constantemente, talvez porque te sentes aborrecida ou insatisfeita. Eu sou a tonta que olhou para o desenho e viu um projecto - todos nós precisamos de mentiras na nossa vida, às vezes é uma forma de acreditar num sentido de existência. Por mais que me digas que não consegues viver na mentira, os factos falam por si com eloquência - escondes-te todos os dias de ti mesma. Queres uma mentira maior do que viver às escondidas de nós próprios?

11 comentários:

Senhora Saudades disse...

Tenho na mão um copo vazio e se o apertar com demasiada força partirá e os estilhaços de vidro vão enterrar-se debaixo da pele e aí ficarão para sempre

i'd like to give you a little tool for the splinters. get it out one by one! the skin will heal without leaving scars. for now. it's all up to you.

sonhos doces, darling.

F.

Senhora Saudades disse...

btw, whos's pictured...in the picture?

quere sonhar...

F.

Always disse...

So you can read Portuguese, after all! :)

Let's just hope the glass never breaks. You're helping me to keep it whole and I'm trying hard to hold it together.

The one pictured in the picture is... me (at the hotel where I stayed in Stockholm).

Sweet dreams...

A.

Senhora Saudades disse...

tres cooooool! cos i really like this photo! :)

---------
you'll be fine. just hold still and don't lean to one side or you'll fall and spill everything everywhere.

focus, darling, focus!

beijinhos,

F.

Always disse...

LOL... straight line walker me!

-----------

Oh, I'm flattered, you're the artist! Actually they're two diferent photos, I've merged them in one - it's ART, babe! ;)

Beijos,

A.

Senhora Saudades disse...

yes darling i know they're 2 photos. the vinho hasn't got to me yet. i've only just started... :)

x's & o's,

F.

please send this photo to me in full resolution? cheers, darling.

Always disse...

I know you know they're two photos, darling, you're the artist! :)) Do you want the merged photo or the originals?

And let me guess, having portuguese wine at dinner tonight? - Such an exquisite taste you have, darling!

Cheers!

A.

Senhora Saudades disse...

hahahahah........what can i say...hmm...now that i have had a taste of Portuguese i am not sure if i want anything else, darling!

:D wine that is...

F.

Always disse...

LOL @ 'wine that is...' :D

Who's been choosing the wine?

A.

Senhora Saudades disse...

it's me. of course. always me.

:)

F.

Always disse...

Of course! You're the expert in Portuguese stuff plus you have taste! :)