quarta-feira, 1 de novembro de 2006

Coragem de mudar de vida

Anabark, Letting go (OUT06)


O que é que te faz pensar que a tua decisão é a decisão acertada? Achas que todas as pessoas que vivem uma situação idêntica à tua tomam a mesma decisão? Achas que todos aqueles que tomaram uma decisão diferente erraram e falharam as suas responsabilidades? Achas que os que têm coragem de assumir o amor com coração são irresponsáveis, inconscientes e loucos? E já agora, achas que eu, por não ter filhos, não tenho responsabilidades?
Perguntei-te isto há tempos, mas nunca me deste resposta.
Navego todos os dias no blog «Lésbica: Simples ou com Gelo» que, simultaneamente, me diverte e me faz pensar - é bom saber que o mundo é maior e mais interessante fora dos pensamentos que me fecham em ti e que há gente inteligente e adulta, com experiências de vida que confirmam que o amor é acreditar no outro e conquistar as dificuldades, é darmo-nos de forma absoluta e total a quem se ama, apesar do risco que esse sentir implica, porque o egoísmo e a cobardia são incompatíveis com o amor. Todos os dias aprendo exemplos de coragem nesse blog.
Hoje ao passear por lá, li num dos textos, escrito por uma das colaboradoras - Blue -, um parágrafo que me fez lembrar o que tu NÃO ÉS - corajosa e adulta.
Aqui fica o link para que não restem dúvidas.

8 comentários:

Sandrita Star disse...

Pois, o sapo também se acagaçou quando o Leão,exasperado, disse " e depois de comer até rebentar, de beber até cair pró lado, vamos enrabar esses animais pequeninos do pântano!!".

S.Star

Always disse...

Hahaha... nem mais!

Os animais pequeninos do pântano não merecem mais do que isso. Serão pequeninos toda a vida, é a condição que escolheram.

Wonder disse...

Always

Quando quem amamos não tem a coragem de optar por nós, então temos nós de ter a força e coragem de optar por outro amor.
Temos de ser capazes de discernir o melhor para nós, ainda que não seja fácil nem imediato.
Quando duas não querem, uma não faz.
Beijo grande!

Always disse...

Velaslee,

Obrigada pela visita e pelas tuas palavras sensatas. Sei que tens razão - a pouco e pouco regresso a mim, é tudo uma questão de tempo e de equílibrio de forças. Quem não opta por mim, não me merece.

Um abraço,

A.

AR disse...

Aprendi que no amor até o mais cobarde dos seres luta como um heroi... Se ela mantem a cobardia é porque não é amor!

Always mais do que coragem para amar com toda a nossa alma, às vezes, precisamos do dobro da mesma para não nos entregarmos a um amor tóxico!

Tu não desistas de ti miuda, nunca!

alpha female disse...

always

Parte para outra, essa mulher não te merece.
Amar às escondidas? Teres de te esconder? Mas fizeste mal a alguém? Diz NÃO!
Lembra-te que a tua felicidade e a tua diferença são importantes. Tu és importante!

Always disse...

AR>

Antes de mais, obrigado por teres passado e parado por aqui.

Concordo com o que dizes - o amor é incompatível com a cobardia. Quem diz que ama e não tem coragem para optar por esse amor, não ama realmente nem sabe amar. É uma lição aprendida.

Desistir de mim, nunca - estou muito bem comigo mesma!

Always disse...

alpha female

Obrigado pelas tuas palavras! :)

Ela não viveu comigo às escondidas propriamente e enquanto acreditou em nós foi excelente. Só lhe faltou a coragem para mudar realmente de vida e manter o plano que começámos: abandonar a relação heterossexual de vez e explicar correctamente às filhas a minha presença. Mas mudou de ideias quando a família descobriu/suspeitou.

Toda a gente tem o direito de mudar de ideias. Paciência! Viver fechada numa mentira deve ser muito cansativo e doentio - as prisões interiores consumem e enlouquecem e quando ela der por isso os danos serão irreparáveis.

O meu único erro foi apaixonar-me por uma pessoa que imaginei - a 'tal alpha' que, como alpha que sou, esperei encontrar a vida inteira. Enganei-me. Mereço muito melhor, sem dúvida!