sexta-feira, 17 de novembro de 2006

Proporcional

Anabark (OUT06)


"É tão curto o amor,
tão longo o esquecimento."
Pablo Neruda

4 comentários:

wind disse...

epá foste logo escolher um dos meus poetas preferidos:)
Verdadeiro o que está escrito, por isso e finalmente revelo algo de mim...tcham tcham...não me apaixono por ninguém, porque não quero!

e mais de mim não digo:)
De quem são as fotos que editas?

Always disse...

É um direito que te assiste, também já pensei assim. Um dia, quase sem dar por isso, descobre-se que não é bem assim.

Assim como dizeres que Pablo Neruda é um dos teus poetas favoritos já revela um pouco de ti sem querer. :)

As fotos estão assinadas - são quase todas minhas.

Sandrita Star disse...

Gosto muito de ler Pablo Neruda, mas ele que me desculpe... porque adoro-te cada vez mais e nunca-jamais-em-tempo-algum esqueço-me de ti.

S.Star

Always disse...

LOL... És mesmo uma sedutora nata, querida Star.

Adoro-te!