quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

O toque do divino

Zenmatt, Le Doigt de Dieu, 2006
Acreditas em Deus?
Gostava que acreditasses realmente.

19 comentários:

Anónimo disse...

O que te parece?

wind disse...

Como isso não é para mim não respondo, só escrevo que a foto é bela;)

Always disse...

A pessoa a quem pergunto também não me vai dar resposta, mas eu pergunto na mesmo - é um acto de fé. :)

SK disse...

Em Deus ou no Amor?

SK disse...

Mas tens razão. Acreditando em Deus acredita-se no Amor, do Universal ao particular, embora hajam pessoas que acham que acreditar em Deus é o mesmo que pertencer a uma equipa de futebol.
Bj
Um bom dia para ti :)

Always disse...

SK,

Exactamente!
Ensinaram-me que Deus é Amor, do universal ao particular. Há um sentido para tudo o que acontece na nossa vida. Deus não é apenas uma religião - é um acreditar em mim e no que me dou aos outros e deles recebo. :)

Bom-dia também para ti.
Beijo

Always disse...

SK,

Vi agora a tua pergunta - 'Em Deus ou no Amor?'

E não são um e a mesma coisa, pergunto eu?

SK disse...

Não só, mas tb.

Always disse...

Eu acredito em Deus. Tenho milhares de razões para acreditar. :)

SK disse...

idem, idem, aspas, aspas... embora não acredite naquilo que me ensinaram a acreditar.

Daí tb ter dito que acreditar em Deus não é o mesmo que pertencer a uma equipa de futebol... há mais que o simples acreditar.
Se não houver, então não se acredita. Transporta-se apenas o cachecol nos ombros e carrega-se a bandeira nas mãos. No fim do jogo vamos para casa e deixamos a um canto a indumentária para voltar a vestir no próximo fds.

E por falar nisso, bom fim-de-semana.
:)
Bj

whitesatin disse...

Deus É Amor.
Mas não existe só Deus, nem existe só Amor, essa é que é essa...

Always disse...

SK,

Ensinaram-me muita coisa sobre Deus e eu fui aprendendo outro tanto. E de tudo o que me ensinaram e do que aprendi uma ideia primordial me ficou: Deus é Amor sob todas as suas formas. Acredito nessa força inspiradora e isso faz-me querer ser uma pessoa melhor todos os dias. Na minha profissão de fé, em cada passo, procuro a luz no espírito do amor que sempre me deram, dão e que procuro retribuir.

Não sei explicar melhor a minha fé em Deus, mas, mesmo quando tive razões para duvidar (a morte prematura do meu pai, por exemplo), nunca a pus em causa e senti-me mais forte e mais segura.

Bjo.

Always disse...

Whitesatin,

Sejas bem regressada! :)

O que existe fora de Deus e do Amor são a dúvida e a deriva e a noite escura que daí resulta e por onde caminha quem na alma não sabe amar.

whitesatin disse...

Sábias palavras as tuas. Resumiste susintamente a condição humana.

Have a nice weekend
Bjs

ps - Eu nunca me fui embora.

Always disse...

:) Não foste embora, mas estiveste tão caladinha nos últimos dias...

Agradeço e retribuo o desejo de um bom fim-se-semana. :)

Bjo

Anónimo disse...

Querida Always,

Sabes o quão feliz me fazes por dizeres publicamente que acreditas em Deus?!
Deus é amor e o perfeito amor lança fora o medo (está tudo na sms que te enviei ontem à noite). E tu bem sabes que é o medo que leva as pessoas à crueldade...

De cada dia que passa gosto mais-e-mais de ti, de cada vez que te vejo estás mais-e-mais bonita, de cada vez que te ouço estás mais-e-mais forte, de cada vez que te leio estás mais-e-mais perto.

Quando as palavras acabam, abraço-te,
S.Star

Always disse...

Querida Sandrinha,

'Deus não nos deu um espírito de timidez, mas de fortaleza, e de caridade e de temperança.'

in Segunda Epístola a Timóteo, 1, 7

Acredito em Deus e acredito em ti. Obrigada por seres um caminho de luz e pelo abraço seguro em que infinitamente me recolhes.

Um beijo por entre palavras.

whitesatin disse...

Estive caladinha porque não tinha nada para dizer.
Por vezes, quando o espírito se ausenta, só nos sobra o silêncio...

Bjs

ps - o meu sábado foi proveitoso :)

Always disse...

Por vezes é no silêncio que reencontramos o espírito ausentado e nos reconfiguramos. Por vezes é o silêncio que nos descobre a verdade das coisas que nos recusámos a enfrentar durante muito tempo.

Bjo