sábado, 27 de janeiro de 2007

Sem dúvida

Linda Alstead, 2nd March - Deeply Drippy, 2006

Todas as respostas pressupõem a anterioridade de uma pergunta e alguém a quem perguntar. E há perguntas que se fazem às quais só queremos ouvir uma resposta e uma única voz a responder. Perguntei-te. Queria muito saber e queria muito que tu soubesses a minha resposta à mesma pergunta. É importante para mim, porque acredito realmente, porque é a única coisa da qual nunca duvido, mesmo quando duvido de tudo. Repouso agora na certeza com que me respondeste. Acreditas em Deus? 'Claro que sim'. Nem todas as perguntas têm resposta, mas também nem todas as perguntas têm a mesma importância.

24 comentários:

wind disse...

continuo a sentir que sei quem é:)
Desculpa que não tenho nada com isso:)
beijos

Always disse...

Lolololol...

Não tens de pedir de desculpa. Estou até divertida com a tua insistência. Não apostes muito dinheiro no teu palpite...
Gostas de puzzles?

Beijos

SK disse...

Assim como as respostas. De resto, as respostas, tb têm a importância que lhes damos.
Bj :)

Anónimo disse...

Todas as perguntas têm uma resposta. Será que temos a capacidade de a perceber/percepcionar?...

Parece-me que a Wind tem... ;)

S.Star

Always disse...

SK,

Necessariamente, segundo o princípio da relatividade. O pertinência das coisas está no valor que lhes atribuímos.

Bjo

Always disse...

Querida Sandrinha,

Percecionar/perceber a pergunta ou a resposta?

Genericamente falando (como analista que sou), o princípio fundamental do Saber é fazer as perguntas certas. Se não soubermos colocar as perguntas certas, arriscamo-nos a obter respostas inválidas e/ou nulas e não evoluiremos nada.

Oh pá, tu desculpa, isto é teoria e método do pensamento científico, como tu sabes, uma das cadeiras em que estive a dar formação recentemente aos 'new guys' e ainda não desliguei o fusível (apesar de estar já noutro módulo que nada tem a ver) porque os meus alunos são demasiado inteligentes (pudera, é condição obrigatória....) e não me dão descanso, querem saber e debater tudo ao milímetro - são curiosos... como a Wind! ;)

(Wind, estou a brincar... lol)

Anónimo disse...

Claro, claro, claro.

Tudo depende de quem pergunta e quem responde...neste caso, bem como na maioria dos casos...


BjA

P.S.Espero que não me leves a mal assim, como dizer, o meu despropósito.Se levares, peço-te q me repreendas mas em privado, via mail, por favor.

P.S2 AHHHHHHHHHHHMMMM, a cristalização!brrrrrrr, "heavy weather", faz frio, hihihi.

Always disse...

Lol... Não te preocupes, não disseste nada a despropósito... ainda! :D

Dizes bem, tudo depende de quem pergunta e de quem responde - acho que, de alguma forma, digo isso no meu texto.

Bjo

whitesatin disse...

"É importante para mim, porque acredito realmente, porque é a única coisa da qual nunca duvido, mesmo quando duvido de tudo."

De facto, neste mundo tão escabroso, onde nada é o que aparenta, onde reina a mentira, o que me vai consolando e dando alguma força para me manter verdadeira é acreditar n'Ele, ter um pouco de fé.

Gostei desta tua afirmação :)

Anónimo disse...

lol Always, não aposto a dinheiro, porque nunca joguei a dinheiro:)
Gosto de puzzles sim, para me abstrair da realidade.
Tu és perita em "deslizar", escorregar nas questões e se já desconfiava 8pelo teu nível de escrita, pelo portuuês, pelas metáforas..., agora percebi nos comentários, és professora possivelmente de psicologia.
Ora eu tb sou prof, mas de outras áreas, embora não esteja já na componente lectiva por motivos de saúde, mas estou numa escola:)
E sou muito curiosa, mas não é por mal, gozaste, mas eu tenho mesmo feelings, tenho sensações, quer acredites ou não.lololol. E escrevi isto tudo não sei para quê. gargalhadas

Always disse...

Whitesatin,

Mesmo quando tudo nos parece desfeito e ao contrário e ficamos sozinhos fechados em círculos, a fé segura-nos e, se acreditarmos realmente, deixamos de cair.
:)

Always disse...

Wind,

Lol... quase, estiveste perto, mas não, não sou professora. Sou analista, investigo 'puzzles' muito complicados. É verdade que sou requisitada para formar/ensinar coisas sobre como analisar/desvendar 'puzzles' àqueles que serão os meus novos colegas (todos eles licenciados e/ou doutorados em áreas que vão desde a bioquimíca às Relações Internacionais, etc)- dizem que tenho jeito para conquistar plateias... lol

De resto, não gozei com o teu feeling/sensação. Acredito nessa intuição de que falas (que eu nunca tive ou, pelo menos, só tenho em relação a uma pessoa muito especial). Estou aliás, muito curiosa sobre isso que estás a sentir a partir do que aqui lês.

Ah, e sim tens razão, sou perita a fugir a perguntas e a 'deslizar' para fora delas desconstruindo-as - faz parte da minha profissão. :)

Anónimo disse...

Pois Always, és perigosa.lololol. Analista com muito conhecimento, aliás já sabia, como uma vez escreveste, escreves parte de ti, e ao ler-te percebe-se que és culta, "jogas" com as palavras e mais giro ainda com quem te comenta muito subrepticiamente:))))
Isto não é nada de mal, acho iada:)
Por isso não arrisco sequer a dar uma pista sobre a pessoa que penso que é. Claro que nunca colocaria aqui o nome:)
Mas gosto destas nossas "conversas":)
bjs

Always disse...

Wind,

lol... Não sou perigosa, sou adorável ;) - só brinco/'jogo' com pessoas inteligentes, ou seja, com quem tem estrutura para acompanhar a 'brincadeira'.

Quanto aos meus textos, falo muito a sério no que neles exponho de mim. O que escrevo é a minha verdade ao encontro da verdade da pessoa sobre quem escrevo.

Tal como tu, estou a gostar desta nossa conversa, sobretudo, porque me dá a conhecer mais um pouco de ti. :)

E sim, estou muito curiosa sobre as pistas que te fazem concluir o que dizes 'saber'. ;) Se quiseres, podes usar o email do 'copo' para descansares a dúvida, mas nunca reveles publicamente aquilo que não passa de um palpite. :)

Anónimo disse...

eheehAlways conhecer-me é fácil.)
Sou sagitário, não jogo, sou franca e frontal:)
Quanto ao mandar-te o mail, vou mandar já, mas atenção é só um feeling, não tenho certezas:
beijos

Always disse...

Defines-te em muito poucas palavras - isso é suspeito! lol...

Também sou franca, não sei mentir e tenho muito jeito para descobrir a verdade. :D

Tens resposta ao teu email. :)

Bjo

whitesatin disse...

A "intuição" é basicamente a capacidade de ter um espírito
"aberto", um bom nível de observação e raciocínio lógico.
Creio que são também estas as qualidades necessárias para descontruir e construir "puzzles", certo? :)

Desculpem intrometer-me na vossa "private play", mas é que estou a achar um piadão :D

Anónimo disse...

whitesatin, na boa:)
Estamos mesmo a brincar:)

Always disse...

Whitesatin,

És sempre bem-vinda - o debate é tanto mais rico quanto maior o número de pontos de vista.

E tens razão: o decifrar de puzzles depende de um espírito
aberto, um bom nível de observação e muito raciocínio lógico. Não lhe chamo intuição, chamo-lhe inteligência. :)

whitesatin disse...

Pois era mesmo aqui que eu queria chegar:
Intuição = Inteligência Emocional

;)

Always disse...

Mas para desvendar puzzles é preciso mais do que inteligência emocional. :)

whitesatin disse...

I know...enfim...é melhor ficar por aqui, hehehe

;)

Always disse...

Que pena, a conversa estava a ser tão interessante... :)

whitesatin disse...

Pois estava :)
Mas se continuassemos neste tema tinhamos conversa para horas sem fim, hehehe.